Absolutamente nada.

21.7.14





 Oi galerinha, hoje eu vim trazer mais um texto meu para vocês, eu espero que vocês gostem, e espero que vocês me perdoem por estar entrando pouco no blog, prometo melhorar! Depois me contem o que acharam do texto!





Absolutamente nada.
   O que estou sentindo não é tristeza, nem felicidade, não estou boa, mas não estou ruim, não estou doente, e não estou saudável, não sinto saudades, e também não sei se sentiria falta, não posso dizer o que é porque pra mim é apenas nada. 
 Não tem uma definição, não tem uma etiqueta, não tem um rótulo, não foi descoberto, nunca foi sentido, nunca foi dito, nunca foi desejado e também nunca pediram que tirasse. Indecisão... também não é isso, mesmo não sabendo ao certo o que é. Não existe um meio termo entre decisão e indecisão. A não ser este sentimento.
   Seria eu tão sábia que encontrei a cura de algo? Não. Não encontrei isso, isso me encontrou. Cura? Não. Seria apenas mais uma doença. Não tem como saber o que é, nem se é bom ou ruim porque não consigo ver os dois lados claramente, eu posso estar no meio de alguma coisa, no meio entre o meio de alguma coisa, um lugar inexistente. Nada.
   Eu poderia fugir, mas pra onde quer que eu vá o nada me perseguiria. Então isso seria uma vazio dentro de mim mesma? Não. Porque o vazio é uma coisa que se pode preencher, e mesmo fazendo tudo o que posso isso não passa. 
   Porque estaria escrevendo sobre uma coisa que não existe, que não pode ser curada, tirada, que não se sabe o que é, que não se sabe se é bom, que simplesmente vaga, que é um vazio que não pode ser preenchido por nada, que é simplesmente nada. 
   Um tudo não saberia o que dizer, pensaria em raiva de imediato, mas não é. E com essa resposta pensaria em si mesmo. Este nada pode simplesmente ser tudo junto.
   Uma coisa que pode ser tirada ao mesmo tempo que não é, a cura sendo uma doença, o nada sendo o tudo, a felicidade sendo tristeza, o certeza sendo incerta e o vazio estando preenchido, o bom sendo ruim, a decisão completamente indecisa, o indesejável sendo o que todos querem.
   E assim que todo este relato acabasse, me chamariam de louca e me internariam em algum lugar. Mas o nada continuaria sendo tudo. Mesmo que eu esteja entre estas duas opções. Estou no meio termo de nada e tudo, estou entre o que existe e não, estou entre bom e ruim.
    Estou no meio do nada que acabou sendo tudo, mesmo sendo simplesmente nada.

   Isso não é uma carta, não é um bilhete, não é um poema, não é um texto, é nada. Não se trata de pessoas,de  reclamações, de preconceitos, nem mortes, não se trata do milagre da vida, das dificuldades, da tristeza, da felicidade, de uma casa nova, de um filme, um livro ou apenas de um bom café. Se trata do que eu estou sentindo, do que estou vivendo, se trata de nada.




Espero que tenham gostado, e aí? Acham que eu devo postar mais textos ou nunca mais? haha' Bons Amendoins!



You Might Also Like

10 comentários

  1. Adorei seu texto. Realmente, as vezes não sabemos explicar o que estamos sentindo, e acaba que as vezes, não estamos sentindo nada. Sad, but true :/
    Beijinhos,
    http://heavymetal-girl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um dos fatos curiosos da nossa vida! haha'
      Muito obrigada Brendha! Bjus :**

      Excluir
  2. Adorei, já me senti assim também e é realmente bem confuso. Gostei do jeito que você escreveu, ficou incrível, parabéns!
    Bisouss,
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Muito obrigada Lara! <3
      Eu tentei mesmo passar o sentido de confusão dos sentimentos para as palavras e fico feliz que você entendeu! Obrigada! Bjus :**

      Excluir
  3. Adorei o seu texto, confuso, mas bom, as vezes é assim que eu me sinto, se alguém me perguntar eu não saberia explicar.
    Beijinhos
    You Tube
    Instagram
    Facebook do blog
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tentei escrever ele confuso pra passar a confusão dos sentimentos para as palavras. Faz algum sentido isso? Não sei! haha' Obrigada! Bjus :**

      Excluir
  4. E aquele projeto 8x10 será que eu ainda posso participar? *o*
    Eu estava sem internet, então nem teve como eu participar. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que sim, quero muito ver sua postagem dele!
      Sei problemas! =D

      Excluir
  5. Que texto perfeito, você escreve muito bem e sim você deve postar mais textos com certeza !

    ∆ guitarrebel.blogspot.pt ∆

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Debbie, fico suuper feliz que você gostou! Pode deixar que eu posto!
      Muito obrigada <3
      Bjus :**

      Excluir